fbpx

Faça parte do nosso Canal de transmissão do Telegram!

Lá nós compartilhamos conteúdos, aulas e workshops exclusivos e gratuitos sobre terapia online.

Em Tempos de Coronavírus: uma Contribuição da Psicologia | Parte 1

O Coronavírus colocou o mundo em alerta, mergulhou todos nós na incerteza. As notícias passaram de diárias, a algumas vezes por dia, a todos os momentos (esperados ou não). Chegam até nós informações verdadeiras, mas, também, fake news. Estejamos atentos, especialmente quando do compartilhamento de mensagens para evitarmos a propagação da ansiedade, da angústia, do medo etc. O desconhecido é sempre ameaçador e a preocupação demasiada com ele é uma das causas da ansiedade. Mas devemos ter cuidado, pois estes sintomas podem ser indicativos de estresse, podendo, inclusive, aprofundá-lo naqueles que já o vivenciam.

Querer saber a situação desta Infecção e dos seus efeitos na população, nos nossos amigos e, especialmente, nos nossos familiares, é coerente, mas não permitamos que o medo supere a coragem de enfrentarmos o inimigo invisível, o Novo Coronavírus, principalmente a partir de orientações oficiais.

Sentimentos/sintomas desta natureza é esperado quando as pessoas se encontram sob isolamento social, muitas vezes só, com poucos contatos à distância. Há, também, aqueles que estão “isolados”, mas numa casa com muitas pessoas sem terem, até mesmo, o alimento do dia a dia, desempregados ou sob ameaça de desemprego. É, deveras, complicado. Numa situação como esta, a dor é do tamanho que cada um é capaz de concebê-la. Assim, feliz dos que a colocam atrás da porta e vão à luta a favor da vida.  

Apesar das limitações da maioria da população, não posso deixar de lembrar que manter a saúde mental e física é mais do que necessário em “momento de guerra”. É verdade que nem todos tem acesso a psicólogos, médicos, enfermeiros etc, mas é verdade, também, que há outras formas de se autocuidar.

Para aqueles que podem, aconselho buscar acompanhamento psicológico online e/ou presencial, considerando que o isolamento social é uma ou talvez a medida mais eficaz para evitar a propagação do Novo Coronavírus.

Outras medidas que sugiro, além das que já mencionei inicialmente:

  1. Não pensar, num mesmo assunto, insistentemente, nem no Coronavírus ou COVID19 e nas suas consequências, como algo definitivo. Tudo passa. Ele também vai passar;
  2. Determinar um limite para se informar. Por exemplo, assistir apenas uma vez ao dia o Jornal da sua preferência pois as notícias estão sendo repetidas. Cuidado com as fontes das notícias;
  3. Evitar ficar “ligada” em notícias que detonam ansiedade;
  4. Assistir TV, ou seja, programas do seu interesse e que lhe tragam leveza: filmes, séries, novelas, futebol etc
  5. Fazer um “deserto” em relação às redes sociais, ou seja, tire umas férias delas. Assim, não seguirá perfis, não terá acesso a fake news e descansará a sua mente;
  6. Contatar com amigos, via telefone, principalmente quando se sentir só;
  7. Evitar telefonar para pessoas que provocam ansiedade;
  8. Ler romances ou outros tipos de literatura da sua preferência.

Lembre-se: o isolamento é apenas físico.

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Instituto de Terapia Online

Instituto de Terapia Online

O Instituto de terapia Online (ITO), é especializado em oferecer treinamentos on-line de alta qualidade para psicólogos e estudantes de psicologia que estão desejando trabalhar on-line terapeuticamente ou já atuantes. Surgiu a partir da demanda de alguns psicólogos que vem buscando padrões e níveis de qualidade no processo de capacitação e formação em terapia online.

Artigos recentes

Instituto de Terapia Online. CNPJ 35.001.597/0001-73

Termos de Serviço  |  Políticas de Privacidade

Rua Príncipe Humberto, 112. Conj. 44, Centro – São Bernardo do Campo – SP – CEP: 09725-200
[email protected]

© COPYRIGHT 2020 – TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

error: O conteúdo é protegido.
×