fbpx

Faça parte do nosso Canal de transmissão do Telegram!

Lá nós compartilhamos conteúdos, aulas e workshops exclusivos e gratuitos sobre terapia online.

Em Tempos de Coronavírus: Uma Contribuição da Psicologia | Parte 2

Bem, não posso deixar de falar um pouco sobre o nosso inimigo invisível: o Novo Coronavírus ou COVID19. 

A princípio, uma pergunta: o que é Coronavírus e quais os tipos que são conhecidos? 

De acordo com o infectologista Machado (2020), os coronavírus correspondem a um grupo de vírus pertencentes à família Coronaviridae, que são responsáveis por infecções respiratórias leves ou graves, dependendo do tipo de coronavírus. São conhecidos 7 tipos de coronavírus: 229E, NL63, OC43, HKU1, SARS-CoV, MERS-CoV, 2019-nCoV, mais conhecido como o Novo Coronavírus, isolado na China, em 7 de janeiro de 2020, após a notificação de casos de pneumonia de causa desconhecida a partir de 31 de dezembro de 2019, diagnosticados, inicialmente, na cidade chinesa de Wuhan, capital da província de Hubei. 

Como se dá a transmissão do Novo Coronavírus?

A maioria dos coronavírus não infecta pessoas ou causa doenças. No entanto, há dois tipos que foram associados a doenças respiratórias graves, o SARS-CoV (N.5) e o MERS-CoV (N.6), responsáveis pela Síndrome Respiratória Aguda Grave e pela Síndrome Respiratória do Oriente Médio, respectivamente. O COVID 19 ou 2019-nCoV ou Novo Coronavírus pode ser transmitido de pessoa para pessoa. Mas, em geral, os coronavírus podem ser transmitidos de animais para pessoas, podendo surgir sintomas gastrointestinais. Está provado que vírus semelhantes ao COVID-19 se espalham em gotículas de tosse, propagando de pessoa a pessoa. Tudo indica que ocorre por meio da inalação de gotículas liberadas no ar, ao tossir ou ao espirrar, que contém o vírus. Sabe-se que, assim como o SARS-CoV e o MERS-CoV, o Novo Coronavírus causa infecção respiratória grave, podendo levar à insuficiência respiratória e resultar no óbito. (BRASIL, 2020)

Para que todos fiquem atentos, uma outra questão importante: qual o período de incubação e sintomas da infecção pelo Coronavírus?

O coronavírus possui um tempo de incubação entre 2 e 14 dias, ou seja, o vírus pode levar até 2 semanas para levar ao aparecimento de sintomas da doença. Os sintomas de infecção por coronavírus são iguais aos de uma gripe ou resfriado, podendo haver: coriza; tosse; dor de cabeça; malestar, dor de garganta; febre. Os que mais chamam a atenção são: tosse, alta temperatura e falta de ar. No caso das infecções mais graves, podem surgir, também, sintomas sistêmicos, como dores musculares e sintomas gastrointestinais, como diarreia e vômito, além de alterações no exame de sangue, como diminuição na quantidade de linfócitos, plaquetas e neutrófilos. (BRASIL, 2020)

Mas, como é feito o diagnóstico da Infecção pelo Coronavírus?

O diagnóstico da infecção por coronavírus é feito por meio da avaliação dos sintomas, sendo definido pela OMS que o diagnóstico seja baseado em parâmetros clínicos e epidemiológicos. Em relação aos parâmetros clínicos, é definido que a pessoa precisa ter febre e outro sintoma de gripe, e, pelo menos, um dos parâmetros epidemiológicos: ter viajado para os lugares em que foram identificados casos de coronavírus; ter tido contato com uma pessoa com suspeita ou que tenha tido a confirmação da infecção pelo coronavírus. O diagnóstico também deve ser baseado no resultado de exames sorológicos e moleculares, que tem como objetivo identificar a presença de antígenos e anticorpos contra o vírus, o tipo de vírus e a sua quantidade no organismo. (BRASIL, 2020)

Há tratamento para o Coronavírus?

Não. Não há tratamento específico para o coronavírus (COVID-19). O tratamento que existe visa, apenas, aliviar os sintomas até que a pessoa se recupere. Além disso, não existe, até o momento, vacina contra esse vírus, apesar de estar sendo estudado não só o desenvolvimento da vacina mas, também, de remédios que possam atuar contra ele. (BRASIL, 2020)

Todos precisam se proteger contra este inimigo invisível, então, quais as medidas gerais de prevenção e controle do Novo Coronavírus que devem ser respeitadas?

As medidas são diversas, mas considero que a primeira que tem apresentado os melhores resultados é o isolamento social: fique em casa enquanto esta medida for recomendada pela Organização Mundial de Saúde (OMS), Ministério da Saúde (MS), Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde e seu(s) médico(s)

Cuidar da sua casa ou do ambiente onde está vivenciando o isolamento social, higienizando-o, especialmente cozinhas, banheiros, pias, maçanetas de portas e janelas etc, com água e sabão, álcool a 70% e álcool gel; fazer a própria limpeza da casa ou apartamento

Rever a sua rotina diária para que possa distribuir as suas atividades, de forma equilibrada, no seu dia a dia. Caso seja estudante, mantenha em casa a rotina da escola ou faculdade, ou seja, o horário escolar (em qualquer nível), realizando atividades relacionadas com o seu curso 

Lançar mão de atividades traduzidas como lazer e exercícios: dançar em casa (uma forma de se exercitar e de tornar o tempo mais agradável), realizar atividades físicas em casa, sob orientação de professores de educação física, através de vídeos, por exemplo, ouvir música, escrever

Lavar as mãos, muitas vezes, com água e sabão (quando em casa) ou usar gel (quando na rua), usando a técnica correta, evitar tocar os olhos, nariz e boca e tampar o nariz e boca quando espirrar ou tossir, para evitar a propagação do vírus pelo ar. Usar luvas não é aconselhável salvo se elas forem trocadas após o uso imediato. Nada melhor do que lavar as mãos. 

Não levar as mãos ao rosto nem tocar a máscara com as mãos. Eu sei que dizer a alguém para fazer isto, quando esta pode ser uma atitude inconsciente ou habitual, poderá não provocar o resultado esperado. Algumas situações são “gatilho” para o toque em si mesmas (tocar o rosto com as mãos) ou nas demais pessoas (como o abraço). Então, as pessoas precisam estar conscientes da importância deste ato, e dos que estão sendo recomendados, na prevenção da COVID19

Caso esteja na rua, evitar conversar com outras pessoas. Usar máscaras “caseiras” e manter-se distante das pessoas, no mínimo, 1,5m.

Comprar produtos via sistema delivery: alimentos, remédios etc

Vacinar-se contra gripe, pneumonia e providenciar outras vacinas indicadas pelo seu médico 

Evitar contato com pessoas que possuem sintomas de infecção respiratória e com animais doentes

Além destas medidas gerais, que medidas sociais podem ser implementadas?

  • Orientar ou prestar cuidados às pessoas acima de 60 anos e àquelas que são vulneráveis, de acordo com as orientações oficiais (portadores de doenças crônicas como diabetes, doenças cardíacas, doenças respiratórias etc);
  • Socializar informações seguras e confiáveis sobre o coronavírus ou COVID19;
  • Evitar compartilhar notícias não oficiais ou falsas (fake news), para evitar futuros transtornos;
  • Ser solidário, compassivo e demonstrar com atitudes o seu amor ao próximo.

Estou acompanhando com esperança a mudança do quadro atual e acreditando que o futuro vai nos dizer que “nada foi por acaso”, que a saudade dos que se foram, a luta dos profissionais de saúde, dos garis, da polícia, dos que estão comandando cada nação, a luta de todos nós, estão sendo os “motores” para as mudanças que todos desejam para a construção de um mundo melhor, mais humanizado.

Juntos, respeitando as orientações oficiais de prevenção e controle do Novo Coronavírus, venceremos.  

REFERÊNCIAS

BRASIL. Ministério da Saúde. Sociedade Brasileira de Infectologia. Novo Coronavírus. Disponível em: <https://www.portalaltopiquiri.com.br/noticia/468/o-que-e-o-coronavirus-sintomas-e-tratamento>. Acesso em: 4 abr. 2020.

MACHADO, L. Coronavírus. 10 fev. 2020. Disponível em: <https://www.drleandromachado.com.br/blog/39-coronavirus-o-que-e-e-quantos-existem>. Acesso em: 4 abr. 2020.

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Instituto de Terapia Online

Instituto de Terapia Online

O Instituto de terapia Online (ITO), é especializado em oferecer treinamentos on-line de alta qualidade para psicólogos e estudantes de psicologia que estão desejando trabalhar on-line terapeuticamente ou já atuantes. Surgiu a partir da demanda de alguns psicólogos que vem buscando padrões e níveis de qualidade no processo de capacitação e formação em terapia online.

Artigos recentes

Instituto de Terapia Online. CNPJ 35.001.597/0001-73

Termos de Serviço  |  Políticas de Privacidade

Rua Príncipe Humberto, 112. Conj. 44, Centro – São Bernardo do Campo – SP – CEP: 09725-200
[email protected]

© COPYRIGHT 2020 – TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

error: O conteúdo é protegido.
×